Experiência 2

Experiência

ESTAÇÕES DO ANO
Material necessário:
um globo terrestre ou uma bola de isopor de 15 a 30 cm de diâmetros
vareta de pipa, agulha de tricô ou algo semelhante
uma lâmpada de 60 W
um pedaço de madeira
3 metros de fio branco paralelo
um plug
um soquete
parafusos
fita isolante
fita adesiva ou durex
papel alumínio

Como fazer:

Providencie cerca de 3 m de fio branco paralelo, conecte um plug numa das extremidades e um soquete na outra. Fixe este soquete num pedaço de madeira (use soquete que já tenha um furo em seu interior próprio para passar um parafuso e assim fixar na madeira). Isole com fita isolante os terminais do fio no soquete. Coloque uma lâmpada de 60 W neste soquete e sobre a lâmpada fixe com fita adesiva ou durex um disco de papel alumínio com cerca de 5 cm de diâmetro, para que ela não ofusque sua vista e a dos alunos que estarão ao seu redor.

A experiência fica mais interessante se você usar um globo terrestre, mas você também pode usar uma bola de isopor de 15 a 30 cm de diâmetro. Essas bolas são separáveis em dois hemisférios que se encaixam. Separe os dois hemisférios e fure-os em seus centros (de dentro para fora) com uma vareta de pipa, agulha de tricô ou algo semelhante. Feche a bola e atravesse-a com a vareta, fixada em uma base de madeira com uma inclinação de 23 graus em relação à vertical. A vareta representará o eixo de rotação da Terra. Providencie algum suporte para a lâmpada (livros, cadernos, caixa de sapatos, etc) tal que seu filamento fique aproximadamente na mesma altura do centro da bola de isopor. Ligue o plug numa tomada e terá o “Sol” aceso e iluminando a Terra. Para essa experiência é necessário um ambiente escuro. Também é importante que se chame à atenção para o fato de que o globo ou a bola de isopor e a lâmpada que representam a Terra e o Sol estão fora de escala.

 

 

Observando a figura acima, podemos notar que quando a Terra (globo terrestre ou bola de isopor) está no ponto A, os dois hemisférios estão recebendo a mesma quantidade de luminosidade e conseqüentemente a mesma quantidade de temperatura, nessa situação dizemos que a Terra está no equinócio e é primavera no hemisfério norte e outono no hemisfério sul. Quanto a Terra está na posição B, o hemisfério norte está recebendo mais luminosidade e mais calor do que o hemisfério sul, dizemos que a Terra está no solstício e é verão no hemisfério norte e inverno no hemisfério sul.

Na posição C a Terra passa pelo equinócio novamente, pois mais uma vez os dois hemisférios estão recebendo a mesma quantidade de luminosidade e a mesma quantidade de temperatura, mas dessa vez dizemos que é outono no hemisfério norte e primavera no hemisfério sul. Na posição D a Terra passa novamente pelo solstício, mas dessa vez é o hemisfério sul que recebe mais luminosidade e mais calor do que o hemisfério norte, então é verão no hemisfério sul e inverno no hemisfério norte.

Como você está vendo o fenômeno não tem nada a ver com a distância da Terra ao Sol.

Copyright 2022 - STI - Todos os direitos reservados

Skip to content